Apresentação do Livro «Ofício volátil da memória» de Sílvia Mota Lopes, por Luciana Braga

Um ano volvido sobre a exposição «Pintura com Poesia», Sílvia Mota Lopes, cruzando discursos, o poético e o memorialista, fala-nos por si própria num diário íntimo e fragmentado, onde lugares, pessoas e situações acontecem, por entre evocações nunca gastas, confissões, perplexidades e gestos íntimos. É todo um mundo que a autora surpreende e questiona neste seu novo «Ofício Volátil da Memória». (Henrique R.). A autora é natural de Braga, onde nasceu em 1970. É poeta, pintora, ilustradora e autora de literatura infantil e juvenil.
Com: Luciana Braga.